O que foi a semana da arte moderna de 1922 – O modernismo no Brasil

A semana da arte moderna de 1922, foi realizada entre os dias 11 a 18 de fevereiro de 1922 no Teatro Municipal de São Paulo, o evento que deu início ao modernismo no Brasil completou 90 anos em 2012. Na semana de arte moderna foram abordados temas como pintura, escultura, poesia, literatura e música, vários nomes, referências até hoje para a cultura brasileira, participaram do evento.

Os padrões estéticos, culturais e sociais antes da semana da arte moderna eram  baseados nos padrões tradicionais europeu. O objetivo do evento era inovar o ambiente artístico e cultural de São Paulo, na época o movimento foi pouco compreendido, mas sua repercussão com passar dos anos foi tão grande que hoje usamos a palavra “moderna” como sinônimo de novidade e inovação.

Imagens de divulgação da semana da arte moderna de 1922

A primeira imagem é a capa do catálogo da Semana da Arte Moderna, a segunda imagem é um cartaz de divulgação da Semana da Arte Moderna criada por Di Cavalcante, a terceira imagem é um cartaz anunciando o último dia da semana com a apresentação de Villa-Lobos, a última imagem é um cartaz da Samana de 22 satirizando os grandes nomes da música, literatura e pintura.

Resumo da história da Semana da Arte Moderna

É possível notar uma revolução cultural após a semana da arte moderna de 1922, o evento visava divulgar novas ideias e conceitos sobre arte.

Muito do que admiramos e nos habituamos são frutos da semana de arte moderna 1922, exemplos são as declamações de poesias, que tiveram início na semana da arte moderna, anteriormente as poesias eram apenas escritas, cantores passaram a se apresentar acompanhados por orquestras sinfônicas, o que chamamos de concertos, sem contar as esculturas, telas, e maquetes arquitetônicas com traços arrojados e inovadores para época.

Outros movimentos deram continuidade na revolução cultural que deu início na semana da arte moderna de 1922 em São Paulo, entre eles estão Grupo da Anta, Movimento Pau-Brasil, Verde-Amarelismo e pelo Movimento Antropofágico.

Artistas da semana da arte moderna

Um dos grandes nomes do modernismo no Brasil, Tarsila do Amaral, não esteve presente no Brasil, durante o evento Tarsila se encontrava em Paris, por esse motivo não participou da Semana de 22.

Entre os artistas que participaram da semana da arte moderna, estão artistas plásticos e cênicos, escritores, músicos, arquitetos. Segue abaixo uma lista em ordem alfabética com os participantes da semana de arte moderna de 1922.

Pintores

  • Alberto Martins Ribeiro
  • Anita Malfatti
  • Di Cavalcanti
  • Inácio da Costa Ferreira
  • John Graz
  • Oswaldo Goeldi
  • Vicente do Rego Monteiro

Escultores

  • Hidelgardo Leão Velloso
  • Victor Brecheret
  • Wilhelm Haarberg

Artista cênico

  • Eugênia Álvaro Moreyra

Poetas  e Escritores

  • Álvaro Moreira
  • Guilherme de Almeida
  • Mario de Andrade
  • Menotti del Picchia
  • Oswald de Andrade
  • Plínio Salgado
  • Renato de Almeida
  • Ribeiro Couto
  • Ronald de Carvalho
  • Sérgio Milliet

Músicos

  • Ernâni Braga
  • Frutuoso Viana
  • Guiomar Novais
  • Heitor Villa-Lobos

Arquitetos

  • Antônio Garcia Moya
  • Georg Przyrembel

Obras da semana da arte moderna de 1922

Cinco moças de Guaratinguetá - Emiliano Di Cavalcanti

Cinco moças de Guaratinguetá – Emiliano Di Cavalcanti

Monumento das Bandeiras - Victor Brecheret

Monumento das Bandeiras – Escultura de Victor Brecheret

Tropical - Obra de 1917 de Anita Malfatti

Tropical – Obra de 1917 de Anita Malfatti

O Farol - Anita Malfatti

O Farol – Anita Malfatti

Vendedor de Frutas - Vicente do Rego Monteiro

Vendedor de Frutas – obra de Vicente do Rego Monteiro

Macunaíma Opera Tupi -  Livro de Osvald de Andrade

Macunaíma – Livro do escritor Osvald de Andrade

Antropofagia, quadro de Tarsila do Amaral.

Antropofagia – quadro de Tarsila do Amaral, a artista não participou do evento na Semana de 1922, no entanto é considerada uma das principais colaboradoras do movimento modernista.

Quadro Abaporu de Tarcila do Amaral

Quadro Abaporu de Tarcila do Amaral

Produtos Inspirados no Modernismo

Havaianas inspiradas do modernismo - Semana da Arte Moderna

Havaianas inspiradas do modernismo – Semana da Arte Moderna

Vídeo – Semana da Arte Moderna (1922) – Documento Globo News

Gostou deste Post? Então torne-se fã da Uzinga no Facebook!


Deixe seu comentário

em "O que foi a semana da arte moderna de 1922 – O modernismo no Brasil"

  1. Jacqueline Houston Péret disse:

    Meus avós participaram, minha avó Elsie Houston cantora brasileira e meu avô poeta surrealista francês Benjamin Péret, eles não estão na lista, por que? Estão naquela foto famosa da semana do evento. =}

  2. larissa disse:

    Uma materia muito boa me ajudou com um trabalho da escola.

  3. maria eduarda disse:

    é nois lari

Comentários

*